Projeto do deputado Agenor Neto combate o desperdício de água potável

7
Diante da necessidade do uso racional da água potável, em consequência da situação de seca a qual o Estado do Ceará enfrenta, o deputado estadual Agenor Neto tomou a iniciativa de propor Projeto de Indicação que proíbe a utilização de água potável da rede pública para a lavagem de veículos, calçadas, frentes de imóveis, e outras situações que não sejam o consumo humano e que caracterizem desperdício.

Pela proposta, os estabelecimentos comerciais especializados em lavagem de veículos e indústrias que dependam da utilização de água em seu processo produtivo ficam autorizados, desde que adotem medidas de uso racional, sistema de reuso ou captação subterrânea.

O projeto prevê, como medida para o descumprimento de qualquer disposição da lei, o pagamento de multa no valor de R$ 500 reais, sendo que no caso de reincidência esse valor será duplicado.

"A água é o bem mais precioso que a humanidade possui. Em nosso estado, pelas difíceis condições climáticas, temos que ter o cuidado redobrado na preservação da água, uma vez que é um recurso que pode se esgotar, além do mais o Ceará vive uma crise hídrica de proporções incalculáveis", destacou o deputado.
Fonte: Acessória
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013