Fachin envia petição à Justiça cearense para investigar licitações do Transfor

Programa orçado em R$ 440 milhões foi assumido pela Marquise, EIT, Queiroz Galvão e Galvão Engenharia

 query_builder 
Oministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou à Procuradoria da República no Ceará uma pedido de investigação contra irregularidades no Programa do Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor). Fachin é relator da Operação Lava Jato na Corte, e a ação tem por base a delação de dois ex-executivos da Odebrecht que revela a formação de um cartel, em 2008, na ainda na gestão da hoje deputada federal Luizianne Lins (PT), para ganhar licitações.
“Segundo o Ministério Público, os colaboradores noticiam acordo de mercado com o bojetivo de frustar o caráter competitivo da licitação na obra Tranfor”, afirma o documento. Fachin ainda pede que as delações sejam enviadas ao Ceará, já que, entre os envolvidos, nenhum possui foro privilegiado. O processo deve perder o sigilo assim que chegar à Justiça estadual. As obras da Arena Castelão também foram alvo de petição do ministro pelo mesmo motivo.
Transfor
As obras do Transfor começaram em 2008 e foram divididas em duas etapas, com orçamento total de US$ 142 milhões (R$ 440 milhões), financiado pelo Bando Interamericano de Desenvolvimento (BID) junto à Prefeitura de Fortaleza. As empresas Queiroz Galvão e Galvão Engenharia venceram o primeiro consórcio, o segundo foi ganho pelas Empresa Industrial Técnica S/A (EIT) e Marquise.
Com informações do O Povo
Fonte Ceará News 7
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013