Dilma está indecisa sobre presença na festa do PT; ausência pode piorar relação com partido

A presidenta Dilma Rousseff (PT), até a noite da quarta-feira (24), ainda estava indecisa sobre a presença na comemoração dos 36 anos de fundação do PT, marcada para esta sexta-feira (26) e sábado (27), no Rio de Janeiro.
Dilma quer evitar o desgaste de ouvir discursos contrários à reforma da Previdência e à política econômica que vem adotando. No entanto os assessores da petista tentam convencê-la a comparecer ao aevento, temendo que a ausência agrave ainda mais a distância entre o governo e o partido.
Sem apoio
Na tentativa de salvar o governo de Dilma, a imagem do ex-presidente Lula (PT) e a imagem do próprio PT, a presidente está sendo posta em segundo plano pela sigla, desgastando de vez a relação entre Dilma e os últimos.
Parte do PT já estuda estratégia de desvincular a imagem do partido à de Dilma e aconselha Lula a fazer o mesmo, voltando a tecer críticas públicas ao governo.
Chile
Na sexta-feira, Dilma já confirmou viagem ao Chile, onde deve permanecer até sábado em compromissos oficiais. Os ministros pedem que a petista saia de Santiago (CHI) direto para o Rio de Janeiro.

A informação foi divulgada na coluna de Lauro Jardim, no O Globo
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013