Termina cerco policial em Choró. Homem que assassinou o vice-prefeito pratica o suicídio

Terminou trágico o desfecho  da invasão à sede da Prefeitura Municipal de Choró, no Sertão Central (151Km de Fortaleza), Depois de quase três horas de cerco policial, o homem que invadiu o local e matou o vice-prefeito, acabou praticando o suicídio no momento em que policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) realizaram a invasão tática no local.
O homem que assassinou o vice-prefeito  Sidney Cavalcante (PT) foi identificado, até o momento,  apenas por Júnior. Ao contrário do que a Polícia acreditava, o atirador não fez reféns. Depois de matar o gestor municipal, ele se trancou numa sala e ali permaneceu até agora há pouco, onde acabou tirando também sua própria vida.
Uma informação ainda não confirmada pela Polícia indica que o crime teria sido passional.  Júnior teria invadido a sede do Centro Administrativo e assassinado o vice-prefeito por acreditar que sua esposa, funcionária da prefeitura de Choró (identidade não revelada), estaria tendo um caso com Sidney Cavalcante.
Outra informação que circulou no local revela que, antes de dar fim à própria vida, o atirador afirmou que também assassinou a esposa e teria ocultado o cadáver dela no freezer de sua residência, em Fortaleza. A Polícia ainda não se pronunciou sobre isto.
O corpo do vice-prefeito já foi resgatado pelos policiais e por uma equipe de socorristas.
O local ainda permanece sob o isolamento de policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar), do Gate e do 9º BPM (Quixadá).
Crime
A invasão do homem armado na sede da Prefeitura aconteceu por volta de 11 horas. A princípio, a Polícia levantou a hipótese de uma suposta tentativa de assalto. Funcionários disseram ter ouvido, pelo menos, oito estampidos.
Quando a PM cercou o local veio a informação de que havia reféns, entre eles, o próprio prefeito do Município, Antônio Mendes, o “Dé”.  O comandante do 9º BPM, tenente-coronel Calixto, se deslocou de Quixadá para o local, enquanto eram aguardados reforços da Capital.
Uma equipe do Gate e um helicóptero da Ciopaer foram mandados até Choró.
Depois de uma tensa negociação com a Polícia, o assassino se matou.
Fonte:Ceara News 7
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013