Dilma Rousseff se reúne com ministros e desiste de recriar CPMF

Decisão foi anunciada após pressão de vários segmentos e até da base aliada.
A presidente Dilma Rousseff desistiu neste sábado (29) de enviar ao Congresso Nacional a proposta de recriar a CPMF, o chamado imposto do cheque. O objetivo seria cobrir um rombo de R$ 80 bilhões no Orçamento da União de 2016, mas diante de reações negativas, não houve outra saída.

A decisão foi tomada após reunião realizada neste sábado (29) com os ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Nelson Barbosa (Planejamento). Agora, o governo pretende fazer uma discussão de médio e longo prazos sobre o financiamento da saúde.

"Essa questão da CPMF era de financiamento da saúde, assim como estamos tratando o assunto da Previdência", afirmou um assessor direto de Dilma ao Estadão. "Mas, agora, o momento não é apropriado para essa discussão".

O governo tem até a próxima segunda-feira (31) para entregar ao Congresso Nacional a proposta para o Orçamento do próximo ano. A entrega ao presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL) deve ser feita pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa.
Fonte: CearáNews
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013