Resultado do Carnaval: Até segunda, 58 pessoas foram assassinadas no Ceará

O Ceará registrou 58 homicídios de sexta-feira, 13, até segunda-feira, 16, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A média é de 14,5 homicídios por dia no Estado, sendo 21 deles ocorridos somente em Fortaleza. Ao todo, foram 25 assassinatos no Interior e 12 na Região Metropolitana de Fortaleza. 

Na última segunda-feira, 16, três pessoas foram assassinadas na capital cearense, nos bairros Bela Vista (rua Sérgio Mota), Conjunto Palmeiras (rua Missionário Silva) e Mondubim (rua Cinco). Na Região Metropolitana foram contabilizados seis homicídios, em Caucaia, Maracanaú (três casos), Pindoretama e Itaitinga.

O dia mais violento no Interior foi segunda-feira, 16, em que dez pessoas foram mortas, nos municípios de Baturité (dois casos), Itarema, Jaguaruana (dois casos), Quixeré (três casos), Missão Velha e Campos Sales. Já no domingo, 15, foram registrados seis assassinatos no Interior, seis em Fortaleza e três na RMF. 

Sábado, 14, foi o dia mais violento na capital cearense, quando dez pessoas foram assassinadas, nos bairros: Vicente Pinzón (rua Letícia Braga), Álvaro Weyne (av. Francisco Sá), Antônio Bezerra (rua Pedro de Melo), Canindezinho (rua Pedro Cardoso de Sales), Padre Andrade (Travessa Semec), Alagadiço Novo (rua Maestro Lisboa), Jacarecanga (av. Presidente Vargas), Parangaba (av. General Osório de Paiva), Granja Lisboa (rua José Abílio) e Jangurussu (av. Principal). Neste dia, uma pessoa foi morta na RMF, em Maracanaú, e outras cinco foram assassinadas no Interior. Os crimes ocorreram nos municípios: Sobral, Forquilha, Brejo Santo (duplo homicídio) e Milagres.

Em Fortaleza, o dia com menor número de homicídios foi sexta-feira, 13, conforme os boletins de ocorrência da SSPDS. Esse foi o dia em que foram registrados apenas dois homicídios, nos bairros Álvaro Weyne (rua Raimundo Bizarria) e Vicente Pinzón (rua São Sebastião). Dois também foi o registro de assassinatos na RMF na sexta; outras quatro pessoas foram mortas no Interior, em Boa Viagem, Juazeiro do norte (dois casos) e Acopiara. 

Comparação 
No ano passado, a SSPDS apontou 71 homicídios durante o Carnaval 2014 - um aumento de 16,4% em relação a 2013. Na época, O POVO publicou que o Carnaval de 2014 foi o mais violento dos últimos 10 anos. 

A reportagem somou os homicídios registrados pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI) entre a manhã da sexta-feira, 28, e a manhã da Quarta-feira de Cinzas, 5. 

A SSPDS, no entanto, contestou que os crimes contabilizados antes das 18 horas da sexta-feira e depois das 6 horas da quarta-feira não fazem parte das estatísticas do Carnaval.

Fonte: O POVO Online via RobertoLiraNoticias 
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013