14 municípios do Ceará descumprem Lei da Transparência, segundo TCM

Dez câmaras municipais também não possuem Portal da Transparência. Relação foi encaminhada ao gabinete do governador para medidas.

Catorze municípios e 10 câmaras municipais do Ceará estão descumprindo a Lei da Transparência, segundo o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A lei determina que as cidades e câmaras são obrigadas a divulgar na internet, em tempo real, informações detalhadas sobre o uso do orçamento e finanças, por meio do Portal da Transparência.

O levantamento, concluído no dia 13, foi encaminhado ao Gabinete do Governador Cid Gomes. Além do ofício enviado ao Governador, o presidente do TCM também endereçou expediente à Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado e à Secretaria da Fazenda para adoção das medidas que forem consideradas cabíveis.
As prefeituras municipais incluídas na lista são: Apuiarés, Aratuba, Choró, Fortim, Ipu, Ipueiras, Maranguape, Pacujá, Palhano, Palmácia, Pires Ferreira, São Luis do Curu, Trairi e Umari. As câmaras municipais identificadas na mesma situação são as de Apuiarés, Campos Sales, Chorozinho, Irauçuba, Itaiçaba, Itapajé, Martinópole, Meruoca, Ocara e Quixadá.

O descumprimento da lei impõe aos municípios penas que vão desde a suspensão de repasses de recursos voluntários, impedimento na assinatura de convênios, a instauração de provocação para apuração de responsabilidade.Prefeituras e câmaras que corrigirem as falhas podem requerer ao TCM nova fiscalização. Sendo constatado que a irregularidade foi corrigida, o Tribunal emite certidão de regularidade para que possam normalizar sua condição.

Fonte: G1/CE
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013