BATURITÉ - PREFEITO AFASTADO PAGOU SEU PRÓPRIO SALÁRIO COM CHEQUE SEM FUNDOS

Foto: Google Imagens
Mais escândalos envolvendo a administração do prefeito afastado de Baturité, Bosco Cigano. Documentos apresentados ao Ministério Público, através da prefeita em exercício Cristiane Braga, comprovam irregularidades na contratação de empresa responsável pela coleta de lixo no município.
O serviço estava sendo realizado por máquinas doadas pelo Governo Federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). E a empresa contratada para realizar o serviço recebia o valor de R$ 180 mil reais.
Mas, os problemas não param por ai. O então prefeito Bosco Cigano, ao tomar conhecimento de seu afastamento, apressou-se em pagar o valor de seu salário no valor de R$ 12 mil em cheque, dinheiro que seria retirado da conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 
O detalhe é que, no caixa da Prefeitura estava disponível apenas R$ 135 reais, ou seja, o cheque foi devolvido sem fundos.
A cópia do documento foi entregue ao Ministério Público que deve tomar as providências necessárias para apresentar a denúncia.

Fonte: Ceará News
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013