NACIONAL: Justiça muda veredito e condena Emerson Sheik

280848_heroa1
Jogador corintiano foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região do Rio de Janeiro por contrabando de carros importados e pode pegar de um a quatro anos de prisão por não ser réu primário.

O TRF alterou a sentença do atacante Emerson Sheik e o condenou por contrabando de veículos importados e ainda poderá ser punido por lavagem de dinheiro, já que este processo ainda está em aberto. Por não ser réu primário (já foi condenado por falsidade ideológica) Sheik poderá ser preso de 1 a 4 anos, porém o jogador ainda poderá recorrer.


Para a procuradora regional da República Silvana Batini, o jogador sabia que estava cometendo contrabando quando importou ilegalmente duas BMWs dos Estados Unidos. A importação se deu através de uma quadrilha de bicheiros do Rio de Janeiro e de Israel.

"A participação do réu na importação do veículo é inconteste e está demonstrada em trechos de conversa telefônica interceptada por decisão judicial", diz a procuradora. "Daí se verifica que foi ele quem efetivamente desembolsou o dinheiro para pagar a vinda da BMW".

O jogador que já deve R$ 450 mil à Justiça carioca e cumpre pena de prestações de serviços comunitários, está correndo grande risco de piorar sua situação judicial.
A Justiça Federal pode decretar a prisão preventiva do jogador, caso ele não se apresente para responder pelos crimes de contrabando e lavagem de dinheiro, em processo que corre na 3ª Vara Federal.
Os advogados do atleta não foram localizados para explicar os fatos.


A primeira condenação por falsidade ideológica foi em 2006 e a segunda em 2009.

Agora, Márcio Passos de Albuquerque -o Sheik- aguarda resultado do pedido de absolvição.

Emerson-Sheik-grana

Fonte: http://estadiovip.com.br
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013