Ator de 'Cine Holliúdy' faz paródia de artes marciais

O ator Edmilson Filho, 37, gostava de assistir aos filmes do Bruce Lee na televisão. Foi ali que se apaixonou pelo cinema e pelas artes marciais. Fez aulas de kung fu, tornou-se faixa preta em tae kwon do e abriu academias de luta nos EUA, onde mora atualmente com a mulher e duas filhas.
Ele é o protagonista de "Cine Holliúdy", filme do diretor Halder Gomes que estreia no Sudeste depois de virar um fenômeno de público no Nordeste, onde levou 450 mil pessoas aos cinemas.
Zanone Fraissat/Folhapress
O ator cearense Edmilson Filho em hotel em São Paulo
O ator cearense Edmilson Filho em hotel em São Paulo
Edmilson interpreta um proprietário de cinema mambembe que projeta filmes no interior do Ceará nos anos 1970, quando a televisão era atração em praça pública.
O jeito de falar rápido e o uso de expressões em "cearensês", como "catrevage" (coisa velha) e "mão de pêia" (cobrir de porrada), além de sua habilidade nas cenas de luta, fizeram dele um aspirante a Jackie Chan brasileiro. Aliás, o ator chinês é uma de suas referências.
PADARIA
Edmilson é cidadão americano. No fim de 2000, foi para Los Angeles. Começou a trabalhar numa padaria, mas pediu as contas logo no primeiro dia. "Entrei às 8h e saí às 14h. Pensei: não sirvo para cortar cebola."Não falava nada em inglês. "Dava 'good morning' de noite". Após sete meses dando aulas particulares de luta, começou a se virar com o idioma. Abriu uma academia e se casou.
A veia de ator sempre correu junto com a aptidão para as artes marciais. Em 2010, ele investiu num curso de cinema no Arizona, onde aprendeu a esconder o sotaque e trabalhar a expressão corporal. Sobre as possibilidades de trabalho lá fora, ele é realista: "Posso fazer o papel de um latino, mas não o de um americano".
Hoje em dia, Edmilson quer aproveitar a visibilidade para decolar o trabalho de ator. Foi chamado pela Globo para fazer uma participação na série "Os Experientes", de Fernando Meirelles, na qual interpreta um segurança num assalto a banco.
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013