Revolta peemedebista

A reunião de Dilma Rousseff e Michel Temer com José Sarney e Renan Calheiros para tratar de MP dos Portos não desceu na goela da bancada peemedebista dos anti-Sarney e anti-Renan do Senado.

O grupo está convicto de que há um processo em curso para tentar queimar Eduardo Braga publicamente, depois dos choques com Gleisi Hoffmann durante a negociação da MP (Saiba mais em: Melhor a canetada do que a derrota e Em conflito). A turma coloca na conta de deputados da base aliada e de José Pimentel as dificuldades na tramitação da MP no Congresso.

Ataca um peemedebista:

- No Senado, tudo correu da melhor maneira possível, sem que Renan ou Sarney dessem pitacos. Enquanto isso, o senhor (José) Pimentel, que é líder do governo no Congresso e deveria ter articulado em benefício do governo, nem entrou no jogo. Não fez nada. Eduardo Braga desgastou-se no partido para atender ao governo. Se houver problema, será na Câmara: Eduardo Cunha e (José) Guimarães estão dizendo a todo mundo que vão criar tudo quanto é problema.

Fonte: Radar on-line 
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013