Homem furta carro e deixa bilhete de desculpas: "não tinha como ir embora"

Um ladrão furtou um Fusca em Mococa, no último dia 12, e o abandonou na quarta-feira com um bilhete pedindo desculpas ao proprietário, o eletricista Cristiano César Leopoldino, de 20 anos.

“Infelizmente peguei este carro porque não tinha dinheiro para vir embora”, justificava o texto. Do outro lado do papel, o bilhete trazia uma observação: “Entregue ao dono”.

O veículo foi encontrado intacto depois que a Polícia Militar de Pirassununga recebeu a denúncia de que havia um Fusca bege abandonado na vicinal de acesso à Estância Muriçoca.

Quando chegaram ao local, os policiais constataram que o veículo tinha sido furtado em Mococa no dia 12, quando foi comemorado o Dia das Mães.

“Eu tinha estacionado o carro para ir ao cinema e, quando saí, ele já não estava mais lá. Nem acreditei quando a polícia ligou em casa para dizer que tinha encontrado, fiquei muito contente”, comemorou o eletricista.

Comprado há apenas dois meses, o primeiro carro do jovem não tem seguro. “Eu soube que o ladrão deixou um bilhete pedindo desculpas, mas mesmo assim isso não é certo. Ainda bem que ele teve a consciência de devolver”, desabafou Leopoldino.

Apesar do susto, o eletricista disse que não tem raiva do ladrão. “Eu não desejo o mal dele nem de ninguém, apenas fico feliz de ter recuperado o carro. Agora, o que ele fez é um problema da consciência dele”, finalizou o jovem.

O veículo deverá passar por perícia na próxima terça-feira e, só então, será devolvido.

Fonte: Diário de São Paulo 
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013