Fim do suspense: Neymar confirma que seu destino é o Barcelona

Craque usa rede social para anunciar sua decisão de aceitar a proposta do Barça. Neste domingo, ele se despede do Peixe em jogo contra o Fla, no DF

Às 22h05m (horário de Brasília) do dia 25 de maio de 2013, Neymar avisou às mais de 15 milhões de pessoas que o seguem nas redes sociais - Twitter (6,7 milhões), Facebook (9,2 milhões) e Instagram (1,06 milhão) - que seu destino é o Barcelona. O craque que ganhou fama com seu futebol em campo e atingiu o status de popstar muito pela maneira como se comunica com seus fãs não poderia escolher melhor a forma de anunciar a decisão que, até o momento, é a mais importante da sua carreira.
Acabou, assim, uma novela que durava anos, e que havia se intensificado nas últimas semanas, com o assédio de seis clubes (informação fornecida pelo pai dele, Neymar Silva Santos), mas que sempre teve os gigantes espanhóis Barcelona e Real Madrid como protagonistas. Neymar escolheu o primeiro, porque "combina mais com seu estilo", como definiu o pai.
O contrato será assinado na segunda-feira. Na mensagem, Neymar agradeceu aos fãs e torcedores do Santos.
Veja na íntegra a mensagem de Neymar:
Neymar instagram Barcelona (Foto: Reprodução / Instagram)
Neymar se despede da torcida do Santos em jogo contra o Flamengo, neste domingo, no remodelado Estádio Nacional Mané Garrincha. Na terça-feira, ele se apresenta à seleção brasileira para a disputa da Copa das Confederações, que começa no dia 15 de junho. Antes da competição, porém, deve ir a Barcelona, provavelmente entre os dias 3 e 4 de junho, onde será apresentado como reforço.
Pouco antes de Neymar fazer o anúncio na rede social, o pai dele já havia indicado que o destino seria o Barcelona. Em entrevista durante o voo para Brasília, local do jogo entre Santos e Flamengo, Neymar Silva Santos procurou se esquivar, mas deu diversos indícios de que seu filho optou pelo Barça. Falou até dos jogos festivos que o time catalão fará com o Santos, como forma de pagamento ao clube paulista pela transferência. Coube ao filho, uma hora depois da entrevista do pai ao GLOBOESPORTE.COM e ao SporTV, fazer o anúncio na rede social.
Neymar compareceu ao casamento do amigo Paulo Henrique Ganso, na tarde deste sábado, em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo. Lá, disse que faria o anúncio "logo, logo", aumentando o suspense por mais algumas horas.
Também numa rede social, o Twitter, o Barcelona deu as boas-vindas a Neymar logo depois do anúncio oficial feito pelo jogador. Em seu site, o clube comparou o craque a Pelé e o chamou de "O Rei do século 21".
Barcelona Neymar twitter (Foto: Reprodução / Twitter)Sem perder tempo, o Barça deu as boas-vindas ao craque brasileiro (Foto: Reprodução / Twitter)
Bolada
Os números ainda não confirmados da transferência seriam de aproximadamente 35 milhões de euros (R$ 92,9 milhões). Esse montante seria dividido entre Santos, dono de 55% e que ganharia cerca de 19 milhões de euros (R$ 50,4 milhões), DIS, que tem 40%, e a Terceira Estrela Investimentos S/A, que tem os 5% restantes.
Neymar receberia aproximadamente 7 milhões de euros anuais de salários (R$ 18,5 milhões) e poderá manter seus ganhos com publicidade, alavancados por 11 patrocinadores e acordos comerciais, fora o montante de luvas.
O Barcelona também acertou com o Santos a preferência pela compra de alguns jogadores da base alvinegra, a serem escolhidos pelos catalães. O acordo separado da negociação foi feito para que a DIS não recebesse por essa fatia. A informação é do Lancenet e foi confirmada pelo GLOBOESPORTE.COM.
Carrossel_NEYMAR-Barcelona (Foto: Infoesporte)No Barcelona, Neymar deve usar a camisa 11, que vinha sendo utilizada por Thiago Alcântara
Ainda de acordo com Neymar Silva Santos, havia seis propostas pelo atacante, "mas ele só quis saber de Real Madrid e Barcelona". Ele não confirmou a informação de que o Chelsea teria feito uma proposta ainda maior. O pai do jogador, aliás, não abriu nenhum número da negociação.
- A ficha não caiu ainda. A gente realmente não estava preparado, sempre se prepara para tudo... mas, quando acontece, a ficha não cai.... - disse o pai de Neymar.
A decisão veio após um "clássico espanhol" - o Real Madrid também estava forte no páreo, e, na sexta-feira, o Santos chegou a anunciar que havia aceitado duas propostas (sem revelar de quem), deixando nas mãos de Neymar a escolha. E ele preferiu o Barça.
Pai de Neymar (Foto: Fernando Prandi)Pai de Neymar, no aeroporto de Brasília
(Foto: Fernando Prandi)
'Boom' santista
Antes adepto à ideia de ficar no clube até o fim de seu contrato, Neymar aceitou a saída antecipada para recompensar o Santos, que tinha nesta janela a última oportunidade de lucrar com o astro antes de perdê-lo de graça, o que ocorreria em julho do ano que vem. O nível do time do Santos na atual temporada também pesou na sua decisão. A pessoas próximas, o craque dizia atuar com a pior equipe do Peixe desde que explodiu para o futebol, em 2010.
Além dos seis títulos conquistados (um tricampeonato paulista, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e uma Recopa), e do dinheiro pela venda, Neymar deixa ao Santos um legado principalmente na torcida. De 2009, ano da sua estreia como profissional, até o fim de 2012, o clube saltou de 20 mil para 60 mil sócios. Atualmente, o número beira os 70 mil. Uma pesquisa do Instituto Stochos aponta o Peixe como o clube de maior percentual de crescimento de torcida de 2009 a 2012: 37,4%, superando Vasco (19%) e Flamengo (14,3%). Justamente o período da "era Neymar".
O evidente crescimento teve reflexo imediato no aumento das receitas do Santos. O 'boom' Neymar fez o clube ganhar 219% mais com a TV (de R$ 28 milhões para R$ 89,3 mi) e 182% nos patrocínios (R$ 17,9 milhões para R$ 50 mi). A consequência foi a valorização da marca: de R$ 135,1 milhões, em 2009, para R$ 377,4 mi nesta temporada.
Números e feitos do craque que virou imagem quase obrigatória ao lado do Santos, mas que pela primeira vez na vida vestirá uma camisa diferente. A partir de julho, após a Copa das Confederações, usará o azul-grená do Barça ao lado do ídolo Messi, do amigo Daniel Alves, e de craques como Xavi e Iniesta.
A reunião da última sexta-feira, que definiu a venda, começou com uma conversa entre Odílio Rodrigues, vice-presidente do Santos, e o pai de Neymar, que deixou o local e disse que não iria se opor caso a diretoria do Peixe decidisse negociar seu filho. Pouco depois das 17h, o dirigente recebeu Raul Sanllehí, diretor do Barça, André Cury, represenante do clube europeu no Brasil, e Marcos Malaquias, agente que já negociou outros dois atletas com os catalães: Henrique, hoje zagueiro do Palmeiras, e Keirrison, atacante do Coritiba. A multa rescisória estava estipulada em R$ 170,4 milhões, mas o Santos corria o risco de perder seu maior talento sem receber nada. A partir de janeiro de 2014, ele poderia assinar pré-contrato com qualquer clube.
Neymar Messi 2011 (Foto: Site Oficial)Messi e Neymar, durante o Mundial de Clubes
em 2011 (Foto: Fifa)
Neymar vai jogar contra o Flamengo, neste domingo, em Brasília, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Na sequência, ele se apresentará à seleção brasileira para a disputa da Copa das Confederações. Se não marcar contra o Fla, seu último gol pelo Santos terá sido o do dia 17 de abril, na vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo-PI. Desde então, passou sete partidas em branco.
O namoro entre Neymar e Barcelona é antigo. Nem mesmo a renovação de contrato do atacante com o Santos, em 2010, e o anúncio de que ele permaneceria na Vila Belmiro até a Copa do Mundo, esfriaram o assédio dos catalães. Durante a Copa América, por exemplo, o lateral-direito Daniel Alves aproveitou a concentração na Argentina para seduzir o amigo com as maravilhas de Barcelona. O time e a cidade.
Parecia questão de tempo para Neymar assinar com o Barça, mas, paralelamente, o arquirrival Real Madrid jamais descartou sua contratação. A relação era mais antiga ainda. Em 2005, aos 13 anos de idade, a promessa brasileira fez estágio no clube, e só não ficou porque o ex-presidente Marcelo Teixeira propôs um novo contrato, já bem vantajoso financeiramente para um adolescente. O Real voltou a procurar os empresários de Neymar dois anos depois, mas novamente não teve sucesso na negociação.
Desta vez, havia um representante merengue no Brasil para acompanhar de perto as conversas com o Barcelona, mas o Real foi coadjuvante.
Neymar Ganso casamento (Foto: Carlos Santos)Neymar esteve no casamento de Ganso neste
sábado (Foto: Carlos Santos)
- Eu não sei se o time deles é imbatível, mas hoje é a melhor equipe do mundo. Aprendemos a jogar futebol. Eles possuem jogadores fantásticos. O que vivemos aqui vai servir de lição para levar de volta ao Brasil. O Barcelona ensinou como se joga futebol - admitiu o santista.
O tempo passou, e os títulos diminuíram. Em 2012, o Peixe conquistou apenas o Campeonato Paulista (o primeiro tricampeonato desde o Santos de Pelé) e a Recopa, e não conseguiu vaga na Taça Libertadores de 2013. Este ano, foi derrotado pelo Corinthians na final do estadual, e não tem empolgado seus torcedores.
A falta de vitórias e de companheiros como Paulo Henrique Ganso, vendido ao São Paulo no ano passado, parece ter deixado Neymar menos consciente. Contestado na seleção brasileira, principalmente contra adversários de alto nível, o jogador viu crescerem os apelos para que atuasse na Europa "para evoluir".
Entre os que pediam sua transferência estavam Ronaldo, Cafu e Mano Menezes, ex-técnico da Seleção. A voz mais forte a defender sua permanência na Vila Belmiro era a de Pelé. Neymar sempre respondeu que cumpriria seu contrato, e chegou a reclamar dos jornalistas que insistiam no assunto.
O primeiro encontro entre o craque e o Barcelona ocorreu no Japão, em dezembro de 2011. Campeão da Libertadores, o Santos encarou o superpoderoso adversário em seu melhor momento, treinado por Pep Guardiola, e com Messi, Xavi, Iniesta e companhia em excelentes fases. A vitória por 4 a 0 retratou perfeitamente a partida, e ajudou a encantar Neymar.
- Isso é muito chato.
Durante o último Paulistão, a discussão chegou aos cofres do Santos, que não receberia nada se Neymar cumprisse o contrato até o fim, e depois deixasse o clube. Com uma resistência do jogador, e de seu estafe, em renovarem o contrato, a diretoria passou a cogitar a negociação. Foi então que o Barcelona se agigantou. Na última quarta-feira, o time brasileiro recusou R$ 52,5 milhões. Na sequência, por ordem do presidente Sandro Rossell, Sanllehí, diretor enviado para fechar o negócio, ficou no Brasil e fez uma oferta maior. Irrecusável. Negócio fechado.
linha do tempo Neymar - 2 (Foto: arte esporte)

share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013