ESCÂNDALO DA CAPA DE CHUVA DERRUBA COMANDO GERAL DA PM DE BRASÍLIA

O coronel Suamy Santana não é mais o comandante da Polícia Militar do Distrito Federal. O novo comandante será o atual secretário-adjunto de Segurança Pública, coronel Jooziel de Melo Freire, indicado pelo secretário Sandro Avelar. O governador Agnelo Queiroz (PT) decidiu na tarde desta quarta-feira (1º/5) trocar o comando da corporação por causa da crise na compra de capas de chuva para a PMDF.


De acordo com nota oficial encaminhada pela Secretaria de Comunicação do DF, o governador tomou a atitude "por considerar um ato desmedido a inclusão da compra de 17 mil capas de chuva na licitação de aquisição de equipamentos policiais para as copas das Confederações e do Mundo".

O caso das capas de chuva ganhou repercussão ontem, quando veio à tona a informação sobre a compra dos equipamentos, no total de R$ 5,3 milhões, sob justificativa de que o pedido tinha sido feito para um período de plena seca no Centro-Oeste. Na manhã de hoje, por meio de nota, o governador já tinha mandado suspender a compra e criticou a decisão do comando.

Na edição impressa de hoje do Correio, o coronel Suamy Santana, agora ex-comandante da PMDF, chegou a justificar que as poucas capas existentes estão deterioradas e que ninguém é oráculo para prever se vai chover ou não durante o período da realização dos eventos. Além disso, o oficial acrescentou que as capas não serão usadas somente durante os torneios e que ficarão como "legado" para a corporação.

Fonte: Correio Braziliense 
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013