BARBALHA-CE: GUARDA NOTURNO É MORTO A TIROS DE PISTOLA NA CABEÇA

Após um mês e cinco dias sem o registro de homicídios em Barbalha, um homem de 48 anos foi morto por volta das 22 horas desta segunda-feira. O guarda noturno Tarciano José de Farias, apelidado por Nego Tarso, que residia na Rua L-05, número 83 (Bairro Cirolândia), foi alvejado com dois tiros de pistola 380 à queima roupa na cabeça. Um deles atingiu o olho e saiu no crânio morrendo no local por onde caminhava no cruzamento das ruas Natanel Pereira de Sousa e Padre Correia, imediações da creche do Alto do Rosário.


Segundo o Cabo Rodrigues do Ronda do Quarteirão, o local é de pouca movimentação e escuro, sendo que ninguém residente na área passou alguma informação para a polícia. Há quatro meses, um filho de Nego Tasso foi assassinado em Barbalha e há um mês ele foi preso porte ilegal de arma de fogo, sendo liberado após o pagamento de fiança. Quando chegaram ao local, parentes informaram ainda que já tinham aconselhado ao mesmo para não trabalhar mais nas noites.


Tarciano José de Farias, foi alvejado com dois tiros de pistola 380 na cabeça (Foto: Chinês/Agência Miséria)

Há indícios de que a vítima vinha sendo perseguida na noite de ontem. Uma viatura do POG (Policiamento Ostensivo Geral) diligenciou em busca de informações que possam ajudar na elucidação do crime. O último homicídio em Barbalha foi no dia 3 de março quando morreu no Hospital Santo Antonio, Alcides Antonio dos Santos, de 56 anos, que morava no Bairro do Rosário). Ele foi alvejado a tiros no Carnaval e ficou com seqüelas na coluna e na cabeça.

Fonte: MISÉRIA
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013