GUARDAS MUNICIPAIS REIVINDICAM MELHORES CONDIÇÕES


Os guardas municipais de três municípios do Ceará reivindicam melhores condições de trabalho. Em Caucaia e Aquiraz, os agentes já entraram em greve. Em Eusébio, ainda há a espera de negociação. São 97 guardas municipais em Caucaia, onde a greve começou no dia 8 de fevereiro. Em Aquiraz, a paralisação começou nessa quinta-feira (14), com adesão também dos agentes de trânsito. No município de Eusébio, 150 guardas esperam negociação em estado de greve .

Greve em Caucaia
De acordo com o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metropolitana de Fortaleza (Sindiguardas-CE), após negada reunião com o chefe do executivo municipal, Washington Gois, os guardas municipais de Caucaia realizam acampamento em frente a sede do governo municipal. Eles afirmam que o prefeito se nega a receber a categoria para estabelecer negociação.
Com o objetivo de pressionar, a classe realiza a partir das 9h desta sexta-feira (15) uma manifestação seguida de assembleia, em frente ao gabinete do prefeito. Entre as principais reivindicações estão: a campanha salarial de 2013, melhores condições de trabalho e equipamentos, além do acesso a benefícios como auxílio transporte e alimentação. As diretrizes do Plano de Cargos, Carreiras e Salários também são alvos de contestações.
Nota
Em relação a melhoria de salários da Guarda Municipal de Caucaia, a assessoria de comunicação informou que a reivindicação da classe já foi atendida pois, antes, os guardas recebiam R$ 260 e foi criado em 2010 um Plano de Cargos e Carreiras passando para R$ 840. Foi informado ainda que, somado a este valor, há o adicional noturno e gratificação de 10%, chegando ao salário de R$ 1500. Quanto aos equipamentos de trabalho, está sendo feita uma licitação para atender a categoria.
Fonte: Jangadeiro
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013