MULHER ESFAQUEIA, DÁ PAULADAS, JOGA ÁGUA FERVENDO NO PÊNIS DO MARIDO E AINDA O MATA(Matéria Completa)


Uma dona de casa cozinhou o pênis do marido, depois de lhe torturar e matar. A acusada pelo crime é Amélia Julião dos Santos, de 39 anos de idade, que foi presa.A vítima foi Albenito Rodrigues da Costa, de 54 anos. O crime aconteceu na cidade de Feira de Santana, no Estado da Bahia. A violência que mais chocou a população foi a iniciativa de Amélia Julião que jogou água fervendo nas partes íntimas de Albenito.


O homicídio ocorreu na casa do casal. "Amélia pegou um pedaço de madeira e aplicou várias cacetadas. Depois, pegou a faca e golpeou Albenito em várias partes do corpo, principalmente em um dos braços.
Quando a vítima estava desmaiada, ela esquentou água e jogou no órgão genital de Albenito", contou a delegada Klaudine Passos, do Núcleo de Homicídios de Feira de Santana.




Segundo a delegada, após o crime, a acusada limpou a casa e trocou as roupas do marido. "Ela lavou a casa e as roupas da vítima e negava a todo instante que teria matado o companheiro.Vizinhos contaram que, quando o marido pedia socorro, o filho dele pedia para Amélia abrir a porta, mas ela contava que só abriria com a presença da polícia", relatou a policial.

Na delegacia, a acusada confessou o crime e alegou que matou o marido porque era constantemente espancada por ele, quando estava alcoolizado.De acordo com a delegada, a versão, no entanto, é desmentida pelos vizinhos, que acusam Amélia de maltratar o companheiro.Segundo vizinhos, o casal vivia junto há cerca de cinco anos, mas brigava constantemente. Amélia foi autuada por homicídio qualificado, cuja pena varia de 12 a 30 anos de reclusão.
Fonte: Meia Hora
share

0 comentários

Comente Agora

Varjota em Rede - 2013